top of page
Buscar
  • Foto do escritorJoefeson Inácio Romão

Aprender a Bíblia Usando o Trivium

JOE CARTER


Tradução: Joéfeson Inácio Romão



A Bíblia é o livro mais importante que já foi ou será publicado, e o artefato mais significativo que a humanidade jamais possuirá. Por ser a Palavra de Deus e tendo Deus como seu principal tema, a Bíblia é também a obra mais importante que estudaremos.


No entanto, apesar de sua importância, nossa abordagem para aprender a Bíblia é frequentemente desorganizada e sem planejamento. Talvez tenhamos aprendido algumas histórias bíblicas durante a infância ou tenhamos feito esforços para estudar doutrinas específicas quando adultos. Mas, em sua maior parte, desconhecemos muitos detalhes básicos sobre a Bíblia e não temos certeza de como os temas das Escrituras se encaixam.


Felizmente, aprender a Bíblia não requer que abandonemos nossos empregos e frequentemos um seminário ou faculdade bíblica para uma educação de reforço. Podemos aprender a aprender a Bíblia aplicando um método antigo, popular no movimento de educação cristã clássica: o método Trivium.


Padrão Bíblico do Trivium


O Trivium consiste em três estágios - gramática, dialética [ou lógica]2 e retórica - que podem ser aplicados ao aprendizado de quase qualquer assunto. A fase da gramática envolve a arte de aprender os termos e fatos associados a um assunto. A fase da dialética é a arte de contemplar e entender ideias dentro e através dos assuntos. A fase da retórica é a arte de comunicar de forma clara (e às vezes aplicar) o conhecimento sobre o assunto aprendido nas fases da gramática e da dialética.


Os três caminhos do Trivium espelham o padrão bíblico de aprendizado expresso em Provérbios 24.3, 4: o conhecimento (a gramática) preenche a casa metafórica da alma com tesouros; o entendimento (a dialética) mantém a casa unida, dando-lhe integridade; e a sabedoria (a retórica) a constrói, fornecendo-lhe seu propósito final.


Como cada cristão individual está em um nível diferente de conhecimento, entendimento e aplicação, não vou tentar desenvolver um programa completo com base no Método Trivium. Em vez disso, quero fornecer um esboço amplo de como os três estágios são aplicados à Bíblia, para que você possa considerar por si mesmo a melhor abordagem para a implementação.


Três Estágios do Trivium


Conhecimento (Gramática) - Esta primeira etapa está relacionada com a acumulação de fatos sobre a Bíblia e seu conteúdo. Muitas vezes, estudantes sérios da Bíblia presumem que sabem mais dessas informações do que realmente sabem. Por nos considerarmos leitores "avançados" da Bíblia, tendemos a menosprezar livros com títulos como "101 Coisas para saber sobre o Antigo Testamento", presumindo que eles têm pouco a nos ensinar. Mas são exatamente os fatos e conhecimentos básicos encontrados em recursos voltados para iniciantes que estabelecem as bases para um entendimento e envolvimento mais profundo com as Escrituras.


Juntamente com os fatos básicos, você deve aprender uma visão geral da história bíblica. Talvez você não consiga recitar todas as histórias da Bíblia de memória, mas deve ser capaz de preencher os detalhes gerais do arco narrativo "Criação-Queda-Redenção Restauração".


Além disso, comece a adicionar fatos mais avançados estudando mapas (para aprender

onde os eventos ocorreram), identificando os principais personagens do drama (por exemplo, saiba quem são os filisteus e por que eles são importantes) e aprendendo os significados dos principais termos teológicos encontrados nas Escrituras. Esta também é a fase em que você vai querer memorizar versículos bíblicos para utilizá-los nas etapas seguintes.


Entendimento (Dialética) - Esta etapa está relacionada à compreensão de como as partes e os temas específicos da Escritura se relacionam entre si. Nesta etapa, você deve escolher um método de estudo formal (como o estudo bíblico indutivo), aprender a ler os diversos gêneros bíblicos (profecia, epístolas, poesia etc.) e ser capaz de discutir com outros como a Palavra de Deus se aplica às nossas vidas.


Geralmente, nossa capacidade de progredir nesta etapa muitas vezes é prejudicada pela falta de preparação na fase da gramática. Por não termos uma estrutura baseada em fatos próprios, dependemos demais de recursos úteis (como comentários e manuais bíblicos) para servir como substitutos de nosso próprio entendimento.


Também falhamos em progredir porque não dedicamos tempo suficiente simplesmente

pensando no que lemos. Não avançaremos em nosso entendimento se fecharmos rapidamente nossas Bíblias após ler um capítulo por dia. Precisamos ler grandes porções das Escrituras e dedicar o tempo necessário para refletir sobre seu contexto e significado.


Além disso, nesta etapa, você vai querer passar tempo meditando nas Escrituras para apreciar plenamente a mensagem de Deus para nós.


Sabedoria (Retórica) - Esta etapa está relacionada à capacidade de expressar claramente o que aprendemos da Bíblia, para comunicar aos outros e viver em obediência a Cristo.


Usamos o que aprendemos nas etapas anteriores em nossos esforços no evangelismo, obediência, formação de caráter e em outras áreas de formação espiritual.


Duas Sugestões Finais


Ao aplicar este método, há duas sugestões importantes a ter em mente:


1. Comece onde você está. Para uma criança pequena ou um novo crente pouco familiar com as Escrituras, começar na fase conhecimento pode ser a opção mais adequada. Mas a maioria de nós tem alguma experiência em cada um dos três estágios. Nossa tarefa é voltar atrás e preencher as lacunas em nosso conhecimento ou compreensão, para que cresçamos em sabedoria. Você ficará surpreso ao descobrir como adicionar fatos básicos sobre a Bíblia ajudará a enriquecer sua estrutura mental, refrescar sua imaginação bíblica e aprimorar sua capacidade de fazer conexões temáticas.


2. Deixe o orgulho de lado. Você pode ter lido a Bíblia por 50 anos ou ter um doutorado em teologia sistemática. Mas se você não consegue explicar o tema do livro de Levítico, não sabe se o exílio babilônico aconteceu antes ou depois do reinado de Davi e não consegue nomear os Dez Mandamentos de memória (todas áreas do estágio do conhecimento/gramática), você ainda tem muito a aprender. Não deixe o orgulho atrapalhar seu progresso em se tornar o melhor aluno da Bíblia que você pode ser.


O método Trivium de aprendizado pode parecer óbvio - e na maior parte é! No entanto, nosso estudo da Bíblia muitas vezes é prejudicado porque não adotamos uma abordagem sistemática de aprendizado que incorpore todas as três partes. Você não precisa tornar o processo complexo. Ao simplesmente reservar alguns minutos para refletir sobre como seu próprio estudo se encaixa nesse esquema e dedicar um pouco mais de tempo ao planejamento e preparação, você pode transformar o método Trivium em uma poderosa ferramenta transforma.



Tradução: Joéfeson Inácio Romão

Teólogo e Pastor na Primeira Igreja Presbiteriana de Palmas


Notas:

2 Nota do tradutor.

3 Esses são considerados quatro temas básicos que resumiriam toda a narrativa bíblica [N.T].

333 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 則留言


Hilquias Uhl
Hilquias Uhl
2023年8月11日

Muito interessante! Infelizmente vivemos uma era de pouco aprofundamento principalmente no conteúdo das Escrituras. Deus nos ajude.

按讚
whatsapp-messenger.png
bottom of page